top of page

Tempo de Florescer

Quero começar este post escrevendo, o quanto estava com saudade de compartilhar pensamentos e o que aprendo diariamente com a yoga.

Fiquei um pouco ausente, e sim foi necessário. Para florescer, precisamos plantar as sementes e cuidar do crescimento.


A busca pelo caminho do autoconhecimento é um trabalho intenso, é de dentro para fora.

É aterrar e deixar a Deusa mãe cuidar, para que os projetos e planos cresçam de forma fluída como as estações do ano, como nossos ciclos menstruais. Já reparou como nossas vidas são feitas de ciclos?

Nesta jornada percebi que, quanto maior o esforço, mais prana (energia vital) gastamos, quanto mais cansadas e sobrecarregadas nos posicionamos, mais a vida deixa de fluir naturalmente e se torna uma luta densa, que termina com dores nas costas, nos ombros e noites mal dormidas.

Nosso corpo fala, nossas emoções se manifestam. Inquietas nossa respiração acelera, tranquilas nossa respiração acalma. Você fala com seu corpo?

Durante dez anos de práticas de yoga, de muitas idas e vindas, li algo que fez total sentido para mim.

A descrição de Patanjali, no “Yoga Sutras”, sobre o asana (posturas) não se refere a nenhuma postura da ioga em particular, mas somente à capacidade de manter o corpo totalmente imóvel, sentado por um longo período, em preparação para uma meditação profunda. Quando o corpo fica agitado, a mente também fica inquieta. Assim, para garantir que a mente fique imóvel e silenciosa, o corpo precisa ser treinado para mantê-la quieta.

De fato não silenciamos a mente, mas podemos educá-la, despertar nossa consciência mais profunda e refletir sobre as coisas que realmente importam.

É preciso PARAR, fazer escolhas, retirar o excesso, desapegar. Precisei algumas vezes, visualizar minha vida como uma folha em branco de papel A4, e colocar apenas o que realmente era necessário. Neste processo, aprendi que dizer não para os outros é difícil, mas dizer não para mim mesma é mais desafiador. Queremos sempre estar com a energia na máxima, solar, mas é na sombra, lunar que acolhemos nossas transformações.

Paciência para florir, e respeitar o tempo, este tão violado por nós na vida moderna. Tudo tão rápido, perdendo o prazer de admirar a vida, na sua forma simples.

Calma, calma para você sentir todo seu poder de florir!!!

14 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page